Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2008

Amor aos capítulos. II





(Fotografia de Kim Anderson, retirada da Internet)


 

Continuação da saga…

 

Ontem, quarta-feira:

 

Estava a fazer o jantar e a Inês apareceu na cozinha. Encostou-se a uma parede e ali ficou quietinha. Estranhei a atitude dela… estar sossegada não é o seu forte. Perguntei se estava bem, se tinha fome ou se estava zangada com o Duarte, o irmão. Respondeu que não tinha nada. E ali permaneceu. Tentei puxar conversa, mas em vão… não me ofereceu a mínima abertura para o diálogo. Desisti, as crianças também precisam do seu espaço e de estar sozinhas com os seus pensamentos. Não vale a pena insistir… sou apologista que as crianças devem contar as suas preocupações de uma forma natural e não por imposição.  

 

Passado algum tempo,

 

 

- “ Mamã, os homens podem casar com mulheres mais velhas?”


 


 

- “ Podem, claro que podem! Nem todos os casais têm a mesma idade. A tia é mais velha do que o tio. A mamã é mais nova do que o papá. Desde que sejam felizes a idade não é problema. Mas porquê (como se eu não soubesse a resposta…)?

 

- “ Por nada…mamã”

 

-“ Hummm… o F. é mais novo do que tu, é isso?”

 

-“Sim” – respondeu ela envergonhada

 

Aiii a minha vida… dentro naquela cabecinha já passeiam véus e vestidos de noiva… e eu a sentir-me, como hei-de dizer, SOGRA!!!!! Aiii eu não mereço…

 

Tendo em conta que estes dois jovens andam no primeiro ano, deduzo que a diferença de idades é de meses (se tanto!!) LOLOL… é engraçado, as crianças têm uma noção de tempo – completamente -  discrepante da nossa!

 

- “ Mamã… quantos anos tem o papá?”

 

-“ 38…”

 

E quando dou conta a miúda tinha saído, da cozinha, disparada!!... Volta com a minha máquina calculadora na mão e um ar muito incrédulo…

 

-“ Mamã, casaste com um velhote!!”

 

-“ ahhhh??”

 

- Eu fiz a conta e dá 69 anos…” – e ria-se feita uma perdida,

 

-“ Que raio de contas fizeste tu??”

 

Depois de ver o raciocínio, anui que a miúda enganou-se… em vez de subtrair as idades para saber a diferença entre elas… resolveu soma-las! Depois de lhe explicar como se fazia a conta…

 

-“ 7 anos?? 7 anos?? 7 anos tenho eu… olha lá achas que o papá queria casar contigo se fosses mais velha do que ele 7 anos??? Eu não acredito!!!”

 

De repente senti-me o Ratatui cá de casa… pequenina, pequenina … respondi-lhe com um “ casava, pois!” carregado de optimismo, enquanto recordava o que o papá dizia há uns anos…

 

- “ Tu para mim és um investimento a longo prazo! Quando for velhote vou ter uma enfermeira gira e toda jeitosa só para mim!” – dizia-me ele com um ar carinhoso e trocista.

 

E eu, mazinha, respondia:

 

-“ Pelo teu raciocínio, tu para mim és um investimento a fundo perdido! Daqui a uns anos ainda estou pronta para as curvas e depois…hummm...quem me vai acompanhar??”

 

sinto-me: sei lá...

publicado por Mia às 12:19
link do post | comentar | ver comentários (30) | favorito
Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2008

Amor aos capítulos



( Fotografias de Kim Anderson, retirada da internet)



A minha filhota apaixonou-se e parece que a coisa não está nada fácil. O primeiro amor pode ser complicado…

 

Na semana passada:

 

Quarta-feira

 

- “ Mamã, eu gosto do F. … e ele não me liga nenhuma!” – contava-me ela com o ar mais triste da vida

- “ E ele sabe?” – perguntei-lhe

- “ Eu já lhe dei a entender… e ele nada!”

- “ Ò Inês não desanimes, os meninos não são como as meninas. Ás vezes temos que ser directas para eles perceberem… sabes, eles vivem no mundo da lua! São muito distraídos…!

- “ E se ele continua a não me ligar nenhuma?”

- “Sabes que mais? Quem fica a perder é o F. Tu és uma menina linda, inteligente e divertida… se ele não te ligar nenhuma, azar o dele!”

 

Lá ficou a miúda com um sorriso no rosto e o olhar voltou a brilhar. Às vezes é necessário dar uma injecção de autoconfiança… não vá a criança perder o amor-próprio!

 

As amigas da Inês resolveram contar ao F. A filhota deve ter levado à letra a parte do “distraídos” , achou por bem, resolver as pontas soltas.

 

Quinta-feira

 

-“ Mamã, o F. já sabe que eu gosto dele!!”

- “ Falaste com ele, foi?”

_ “Não, foi a B. e a M.”

- “ e …?”

- “ e ele agora não pára de olhar para mim… mas, quando eu olho para ele, ele foge!”

 

Sexta-feira

 

-“ Mãeeee!! Acho que o F. Gosta de mim!! Ele agora só quer brincar comigo e defende-me nos intervalos”

- “ Então o F. é o teu namorado?”

- “ Não, somos amigos!”

- (Ufffaaaa)

 

Segunda-feira

 

-“ Olha lá, tu foste falar com a minha Professora?” – Perguntava ela com tom de voz zangado

-“ Eu??? Eu não!! Porque deveria falar com a tua Professora? Deveria ter ido… aiii o que tu fizeste desta vez?”

_” nada. Nada mesmo. A senhora professora mudou o F. de lugar. Agora ele está sentado ao meu lado!” – respondia ela encantada da vida.

 

E eu a pensar” Oh meu Deus”… lá se vai atenção das aulas para o caraças!! Até a professora está a ajudar ( directa ou indirectamente)…

 

Ontem, terça-feira

 

-“ Hoje aconteceu uma coisa tão gira!!”

 

E eu em sobressalto cogitava: pronto!!! Deu-se o primeiro beijo… agora é que descambou de vez… grrrrr larga… ela é a minha menina!!! 

 

-“ nós estávamos a pintar e eu tinha a caneta azul na mão… e mal acabei de pintar, coloquei a caneta na mesa, e ele em vez pegar na caneta… pegou na minha mão!! Foi tão bom!!! Já somos quase namorados!”

 

Aiii é o amor puro e inocente! E eu como mãe tenho que ouvir estas coisas, sorrir, dar-lhe todo o meu apoio e por dentro… por dentro com vontade de apertar o papo ao meu futuro “ genro”… LOLOLOL

 

Está decidido! Ainda esta semana vou comprar uma caçadeira, mete-la atrás da porta e usa-la no primeiro desgraçado que tiver a infeliz ideia de a vir buscar a casa!!

 

sinto-me: a vê-la crescer

publicado por Mia às 12:20
link do post | comentar | ver comentários (38) | favorito
Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2008

a fama do coelho...





(imagem retirada da internet)

Precisei de abastecer a minha dispensa, compras de última hora. Pego nos pikenos e fomos ao supermercado. Os cachopos passaram o tempo todo a testar a minha paciência, o supermercado estava lotado com doces e coelhos da Páscoa!


Seguravam nas caixas de bombons, ovos de chocolate, amêndoas, em todas as caixas e pacotes atractivos. Pegavam e pronunciavam sempre a mesma pergunta: " Podemos levar?" Como resposta levavam um NÂO. Já tinham comido a guloseima diária  e acabou-se, nem mais uma. Eles no fundo sabiam que não podiam levar, mas divertiam-se em pegar e perguntar, depois de ouvirem o não, riam-se e iam à procura da próxima caixa sedutora. Este ritual repetiu-se até chegarmos à caixa de pagamento. Coloquei as minhas compras no tapete rolante e a Inês pegou uma caixinha colorida que se encontrava "à boca de caixa" e: " Podemos levar, mamã?", sem olhar  disse que não. Olhei para a empregada e vi que ela se estava a rir por causa dos pikenos... hummmm.. coisa boa não devem estar a fazer... olho para trás e vejo o Dudu com a caixinha colorida na mão, chocalhava-a e como não fazia barulho dizia: " não tem nada... mamã, não tem nada!!"
Aiiiii!!! Quando eu olho para a frente vejo que a caixinha colorida eram preservativos... fiquei assim... no misto de me rir e mais que atrapalhada.  LOL Tirei a caixinha da mão do Duarte e ele insistia, queria a levar.

Num tom de brincadeira disse-lhe:

-" ainda não tens idade para isto, rapaz!" – enquanto me ria

e ele responde-me:

-" ahhh isso não é para os pequeninos... é para o coelho da Páscoa!!"



 
Coelhinho lindo... tu da fama já não te livras!!

 

 Vim o caminho todo a rir-me sozinha, enquanto imaginava o dito coelho com a caixinha no “bolso”... as crianças olhavam para mim e deviam estar a pensar: “é melhor interna-la, a mamã pifou de vez!!”

sinto-me: a rir feita uma perdida!

publicado por Mia às 14:16
link do post | comentar | ver comentários (27) | favorito
Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2008

Lugares? Só ao colo...!



(imagem retirada da internet)


Hoje, os filhotes foram colocar o selante nos dentinhos. A consulta atrasou-se e a Inês perdeu o período de aulas da parte da tarde.

 

Perguntei às crianças como queriam aproveitar a tarde e obtive como resposta:

 

- “ Vamos comer um gelado!” – disse a Inês, a mais velha

- “ Vamos andar de comboio! – Rematou o mais pequeno, o Dudu.

 

Como se tinham portado de uma forma exemplar na cadeira do dentista, acedi ao pedido. Estacionei o carro perto da estação dos comboios e fomos até ao nosso destino de “quimboio”!.

Depois de devorarmos o gelado, regressamos à estação. Nas calmas escolhemos os lugares para nos sentarmos. O banco escolhido foi o banco de frente aos das pessoas prioritárias (grávidas, deficientes, idosos e pessoas com crianças ao colo). A hora da partida aproxima-se e o comboio enche… hora de regresso a casa  para a maioria das pessoas.

À nossa frente sentou-se uma senhora grávida e um senhor. Entretanto, o senhor cedeu o seu lugar a uma senhora bastante idosa. O comboio começou a sua marcha e as crianças intrometiam-se com a senhora grávida…a barriga grande despertou a atenção do Dudo e a simpática senhora - pacientemente - brincava com ele, explicava-lhe que dentro da barriga estava um bebé, o Gonçalo.

Perto do meio do percurso, vem uma senhora na casa dos 50 a 60 anos a reclamar, a barafustar com ela própria. Saquinho na mão e mala a tira colo, lá ia ela passando pelos restantes passageiros até chegar ao início do comboio. Como viu que não havia nenhum lugar para se sentar, achou que mandar “postas-de-pescada” ao ar iria resolver o problema dela: assentar a bunda!

 

 

As reclamações idiotas continuavam e juntavam-se os olhares fulminantes da senhora com uma incidência para o nosso cantinho. As queixas incidiam na falta de força… falta de força? Só se for nas pernas porque na língua aguçada não era de certeza!!

 

 Quem passa pelo meu espacinho sabe que há coisas que abomino… e estar caladinha não é muito do meu feitio! Mas, a Senhora não estava a falar, directamente, com ninguém em particular e eu não me ia meter ao barulho… bem… quer dizer, responder-lhe de uma forma directa!

 

Já não estava para ouvir mais a senhora!! Por uma questão de delicadeza e a ver se a calava ainda lhe perguntei se queria o meu lugar. Colocava o Dudu ao colo da Inês e a coisa ficava resolvida.

Engano meu! Obtive a resposta: “ de costas fico mal disposta!” ahhhh pronto, afinal a senhora até estava bem disposta, menos mal!! Se estivesse mesmo a precisar de um lugar para sentar não estava com aquelas parvoíces.

A senhora grávida teve o azar de sorrir (pelo ridículo da situação) e acabou por sobrar (de uma forma indirecta) para ela.

 

Basta!! Falta de respeito é coisa que não admito! Não e ponto final!! Todavia, responder directamente à recalcitrante estava fora de questão…

 

Em som audível, para quem estivesse próximo, perguntei às crianças:

 

-“ Vamos fazer um jogo, boa?? Este banco tem uma cor diferente, vocês sabem porquê?” – enquanto apontava para o banco à nossa frente.

 

O Duarte acenou com a cabeça que não sabia

 

- “ Este banco tem uma cor diferente porque está reservado para pessoas prioritárias… se olharem para ali (para a sinalética) vão ver quem se pode sentar lá. E agora a pergunta difícil… vocês vão olhar para as imagens e vão me dizer se as pessoas que estão sentadas são consideradas prioritárias… e se sim, vão descobrir a que grupo de pessoas pertencem…”

 

O Duartito, com os seus três anos, com uma alegria contagiante por causa da sua descoberta, diz alto e em bom som:

 

-“São estes dois!!  Mamã,  esta é a mamã do “Gonchálo”, ele está dentro da barriga” – apontava ele para a sinalética.”

 

O riso silencioso fez-se sentir entre os presentes e uma ilustre desconhecida que estava ao lado da rabugenta desabafava:

 

- “ Há coisas tão básicas que até uma criança consegue perceber!!”

 


Não aguentei, desmanchei-me a rir… eu e a senhora grávida!

sinto-me: aiii só a mim

publicado por Mia às 20:27
link do post | comentar | ver comentários (26) | favorito

Pensamentos esfarrapados


( Fotografia de Kim Anderson, retirada da internet)

Este post provém do meu mau-feitio – já conhecido – e não vou ficar nada admirada se o número de visitas baixar drasticamente… por isso pense bem se o quer continuar a ler! Vai continuar?? Sim??? De certeza?? E depois não venham se queixar… que será tarde de mais!!! …. LOL… aiii acham, mesmo, que eu fazia uma maldades dessas… nah, nah!! Eu até sou boazinha, cof, cof… eu juro que sim… cof, cof!!

 

Ser extremamente observadora é uma das características que mais vinca a minha pessoa. Os meus olhos teimam em não parar quietos e estou desconfiada que aos chegar aos quarenta anos estou cheia de rugas… sim, que eu não me limito a olhar… olho e logo a seguir transmito, por expressões faciais, os meus pensamentos… nomeadamente, franzir a testa, semicerrar os olhos e enrugar o nariz ou desenhar um sorriso que abrange todo o meu rosto.

 

Estou sempre com o radar ligado, é impossível estar só concentrada numa só coisa… admiro quem o consiga fazer!! Actualmente, até nem me importo muito de ser assim… sempre dá para ir às compras e olhar pelas crianças… hummmm… essa não vale, qualquer mãe consegue fazer tal proeza… mas, pronto, não é mau de todo ter um “olho-no-burro-outro-no-cigano”!! LOL

 

… e por falar em compras… fazer compras é o máximo! Até não podemos comprar nada, mas com muita frequência encontramos umas senhoras muito bem arranjadas, muito loiras ou com madeixas, de estado de saúde debilitado…constipadas o ano inteiro ( tadinhas… todas falam pelo nariz… tá vêeeer!!!) e que são um desastre e vergonha -para as “THIAS” genuínas - mas que nos divertem de uma forma descomunal perante as atitudes completamente descabidas e sem nexo! São as nossas pseudo-thias! Não têm onde cair mortas, mas a pose está lá toda (ou não) !!!

 

Se futilidade + burrice pagasse imposto… uiii acho que muita "menina" emigrava!

 Pelo amor da santa… santa paciência!!

 

sinto-me: sei lá.. tá a ver? LOL

publicado por Mia às 01:56
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
Domingo, 24 de Fevereiro de 2008

tal como ser eletrocutada







 

Eu só gostava de saber quem foi -  o Marketeer filho da uma grande meretriz - que “vendeu” ao publico alvo o beneficio de “indolor” na depilação definitiva????

Sim… sim… agora ninguém se acusa!! E porquê? Porque mentiu! Mentiu com todos os dentinhos que tem na boca e na mesinha de cabeceira ( a boiarem no copo com água)!!

 

Não dói??? Não dói?? Dói, pois!!! Das duas, uma … quem disse isso ou é insensível ou nunca fez depilação a lazer. Cá para mim… deve ter sido uma nórdica, daquelas que acha que ao natural é que é bom, onde a zona pilosa é só uma… a mulher toda! Elas no fundo até são bastantes inteligentes… poupam dinheiro, sofrimento e enquanto o mais-que-tudo lhe passa as mãos pelo corpo recebe um tratamento polidor de calosidades grátis… ou ficam com as mãos completamente “lixadas”… aiii agora fiquei na dúvida!   

 

Quem já experimentou “ a luz pulsada” sabe do que estou a falar!! A sensação é horrível, não é por nada, mas eu não nasci para sofrer!!

Para quem nunca experimentou, vou tentar descrever o pesadelo: no fim de cada sessão até cheira a queimado!!! Só me faz lembrar a matança do porco nas aldeias… ao que eu me reduzi, a uma pequena “leitoa” a ser eletrocutada! Oh my God… pelo preço elevado que pago merecia uma anestesia local, não? Estou pensar seriamente em meter os dedos nas tomadas eléctricas cá de casa… o efeito deve ser o mesmo e sempre poupava uns trocos…

 

Imaginem estar em cima de uma marquesa, num ambiente calmo, temperatura amena, luz reduzida e som agradável. Estes factores – atrás mencionados – são pequenos engodos para disfarçar o inferno que se vai viver… aiii o que eu sofro!!!

 

Primeiro coloca-me uns óculos escuros enormes em cima da vista, deixo de ver. Elas dizem que é para a minha segurança, para a luz não me ferir a vista, mas na realidade é para segurança delas… não vá a dor ser mais forte e a minha mão cerrada cair na direcção da placa dentária de alguma…!! Depois é só tortura pura e cruel…

 

… e eu, feita parva, ainda pago para sofrer!!!

sinto-me: a fumegar

publicado por Mia às 01:46
link do post | comentar | ver comentários (32) | favorito
Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2008

dizem que sim...

e eu fui confirmar!! É verdade, sim senhor... o blog da menina foi destacado pelo Dom Sapo!!

aqui está a prova do crime:





Agradeço a todos aqueles que ainda têm a coragem de me vir visitar, de me aturarem, de ler as minhas tolices... eu já estou farta de vos avisar: aqui não se aprende nada! LOL
.... ah! estão a fazer um teste à vossa paciência! Por mim já passaram com distinção :P:P:P
uma grande bjokas a todos vós... vocês sabem quem são
sinto-me: destacada

publicado por Mia às 21:18
link do post | comentar | ver comentários (32) | favorito
Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2008

e tudo o "vento" levou



(imagem retirada da internet)

Acabei de colocar mais umas fotozitas ( ou tentativas de...) no meu outro blog e cheguei à conclusão que este ano ainda não fotografei nada. Estou a mentir... tirei fotos aos filhos. Mas, essas por uma questão de privacidade não as irei publicar.

Perdi a inspiração e a vontade de fotografar... não é normal! Eu que adoro fotografar, que sou capaz de sair de casa quando a familia já dorme para tirar uns nocturnos, que passava N. tempo de volta de um bicharoco para captar o melhor ângulo, que tinha uma paciência enorme... de repente, tudo se foi. A vontade é tanta que me inscrevo em concursos de fotografia... e esqueço-me das datas limites. Já deixei passar uma data deles. A vontade é tanta que por preguiça não tenho enviado fotos nem para as minhas galerias virtuais nem para as revistas da especialidade... não sei o que se passa comigo!!!

De momento, só me apetece apagar tudo... apagar todas as provas do crime...

perdi a inspiração e agora não sei onde é a zona dos  "perdidos e achados"...
sinto-me: apagada...

publicado por Mia às 11:45
link do post | comentar | ver comentários (56) | favorito
Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2008

Chocolate...ao quanto obrigas!!!







(imagem retirada da internet)

Prazer. Hoje, venho vos falar de pequenos prazeres.. nah, não me vou pronunciar sobre os prazeres carnais ou sobre a Nossa Senhora dos Prazeres. Não, não vou!
Pequenos prazeres que nos renovam as energias; pequenos prazeres que nos elevam a um patamar de tranquilidade, uma abstracção total do mundo que nos rodeia; pequenos prazeres que nos enfeitiçam ao ponto de nos esqueceremos que estamos numa fila de trânsito e que há observadores a uma janela de distância.
Pequenos prazeres como comer um chocolate – embora um pouco derretido – que deliciosamente o devoramos... chegamos ao ponto de sorver dos dedos e morder o lábio na ânsia de encontrarmos o ultimo bocadinho... e depois… olho para o lado e deparo me com um senhor (um observador a uma janela de distancia), com um cigarro no canto da boca e um sorriso idiota no rosto, que teimava em não disfarçar… o “caramelo” já devia estar a contemplar – o lindo panorama – há algum tempo… nem deu conta da cinza arqueada pronta a cair, sobre as suas calças!!! Era bem feito que caísse a cinza e o borrão… talvez acordasse para a vida em vez de “cortar o barato” daquelas que se lambuzam de chocolate!!... LOLOL

 

É assim: há os pequenos prazeres e os desmancha prazeres!!







sinto-me: que me tiraram o doce

publicado por Mia às 12:56
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008

aiii o caraças!!



( imagem retirada da internet)

Ohhh my god!! Está a trovejar e eu estou sozinha...

... inspira, expira, inspira ... expira... relaxa... calma... não é nada... já vai passar... nah esquece lá isso... telefonar ao marido e avisar que vou almoçar com ele !!!!


hummm... e quem vai buscar os filhos?? aiiii eu não mereço....
sinto-me: muito calma.. cof, cof

publicado por Mia às 13:51
link do post | comentar | ver comentários (26) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 128 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
27
29
30


....

.ainda fresquinhos

. incredula.

. A lady Baba está gaga!

. o casamento de uma prince...

. já voltei e não fui pelos...

. se eu não voltar...já sab...

. Ah?? Não percebi...

. porque sim...

. curtissima

. é oficial: eu já não vou....

. isto realmente....

.arquivos

. Abril 2011

. Março 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

Palm Springs Lofts
SAPO Blogs

.subscrever feeds