Sábado, 30 de Agosto de 2008

meia dúzia é mais barato

 

Numa das minhas idas ao cabeleireiro…

 

Há Hora marcada lá estava eu sentadinha na cadeira da cabeleireira. A simpática moçoila dava-me as boas vindas e oportunamente pergunta-me se já sabia o sexo do baby. Respondi que era uma menina. Retorquiu com a pergunta de como estavam os meninos. Em menos de 3 segundos tinha uma intrusa na conversa… aiii e eu como gosto disto…

 

Diz a senhora da cadeira do lado:

 

- “ Desculpe me meter na conversa. Mas este bebé é o seu terceiro filho?”

 

-“Sim, é.” – Respondi de forma a demonstrar que não me interessava adiantar conversa.

 

- “ E o quarto filho, não pensa nisso?”

 

-

 

Oh My God… se ainda vou a metade do tempo de gestação… como podia pensar já no seguinte. Desculpem lá, mas eu não sou nenhum animal de reprodução. Apesar, de achar que a dita estava a se afiambrar a uma resposta menos simpática… contive-me e respondi-lhe que não, os nossos planos (meus e do maridão) estavam delineados para 3 filhotes.

 

Resposta da senhora:

 

-“ Eu falo pela experiência das minhas amigas que tiveram 3 filhos e pela opinião dos pediatras… é que a educação do filho do meio torna-se muita complicada. Ele fica muito perdido!”

 

- “ Perdido??”

 

-“ Sim, perdido. Porque não é o filho mais velho nem o filho mais novo. Coitados, eles nem conseguem acompanhar nem um nem outro. Se tivesse 2 filhos do meio a tarefa seria mais muito fácil.”

 

Após digerir aquela informação (que para mim era completamente descabida) tentei perceber se a senhora andava a snifar ou a injectar substâncias duvidosas! LOL

 

-“ A Senhora tem 4 filhos?”

 

- “Eu não… só tenho um e muito trabalho me dá!”

 

AHAHAHAHAH  ora aí está a peça que me faltava para complementar o ramalhete… a experiência, ou a falta dela, a falar!! Não me contive e achei que podia dar o ar da minha (des) graça:

 

- “ Discordo completamente. Tudo depende da forma como educamos as crianças e os valores e auto-estima que lhe incutimos. Se formos por essa linha de raciocínio… a taxa de natalidade disparava. Não se podia ter só um filho porque, coitadinho, era filho único e mais tarde iria sofrer as sequelas de não saber o que é ter irmãos. Não se podia ter só dois filhos porque a disputa era incansável. O mais novo a querer ter as mesmas liberdades e autonomia do mais velho, o mais velho a desejar que gostaria de ser o mais novo. Três filhos… estava fora de questão porque, segundo diz, o filho do meio andaria perdido. Então e se tivesse 4 filhos?? Ficava com o mesmo problema, não?? Alias, até seria mais grave porque ficava com dois na situação de perdidos. O melhor mesmo era logo ter meia dúzia (isto já entre um sorriso).

 

- “ Visto as coisas desta forma… tem razão!”

 

A conversa acabou por ali, graças a deus! Era o que me faltava ter que ouvir palpites de quantos filhos é que se deve ter… ai só a mim!!!

 

Filhos… cada um sabe quantos quer  e pode ter. Ate parece que, hoje em dia, criar um filho não pesa no orçamento… enfim!!!

 

 

sinto-me: muito bem

publicado por Mia às 17:49
link do post | comentar | ver comentários (21) | favorito
Segunda-feira, 25 de Agosto de 2008

chico-espertices-tugas

 

 

 

Se há coisa que me irrita solenemente é a “Chico-espertice-tuga”. E se associarmos esse factor às pseudo-thias… uiii até me dá uma coisinha em menos de três tempos. Acreditem!

 

Fui comprar umas coisitas para “adornar” a dispensa, não era muita coisa, mas como não posso fazer esforços levei um carrinho de compras em vez de um cesto. Ora bem, quem vai às compras com uma bomba – desengonçada – “automobilística” sabe que a liberdade e rapidez de condução não são muito grandes… já para não falar do civismo de terceiros que teimam em deixar o carrinho estacionado no meio dos corredores, bah!

 

Compras feitas e dirijo-me para as caixas de pagamento. Atrás de mim vem uma “ galinha-emproada” com um cestinho. A ânsia de chegar à fila para pagar em tão grande que o passo foi acelerado, tipo passo de corrida. Ao passar por mim fez o favor de “mandar” um encontrão com o cesto na minha bunda e na maior das latas ainda olhou para trás…nem desculpe nem nada!! Parecia que a fulana estava mentalizada em passar à frente, mesmo que isso implicasse uns encontrões. Mantive-me na minha e deixei-me ver o cenário resultante…

 

Se há gente parva, a senhora faz parte desse rol… então a troll não se colocou na fila para a caixa de pagamento prioritária??? Aiiii que eu não perdoei… na minha calma fiz sinal à operadora de caixa… depois foi pegar no carrinho e passar à frente das restantes pessoas, sem antes de ao passar pela pseudo-thia lhe retribuir o mesmo olhar de cabra. Aiii cá para nós que ninguém nos lê… cof, cof… deu-me um gozo tremendo! hihihihihi

sinto-me: a fazer das minhas

publicado por Mia às 20:57
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
Sexta-feira, 22 de Agosto de 2008

vidro no joelho

 

 

 

Apesar da minha ausência, as peripécias com os filhotes não tem parado… bem pelo contrário.

 

Na segunda-feira passada a pequena sofreu um pequeno acidente. Enquanto palmilhávamos as rua daqui da zona, a petiz fez o favor de levar o seu joelho ao chão. Nem sei como ela caiu. Reparei que o joelhito tinha ficado ferido e que tinha alojado um pequeno vidro. O vidro estava visível, mas não tinha deixado nenhum bocadinho à superfície. Anui que eu não seria capaz de remove-lo e, desta forma, dirigi-me a um centro de enfermagem muito próximo do local onde ocorreu a queda. A enfermeira, após ter desinfectado a cratera e ter conseguido estagnar o sangue, reconheceu que não conseguia tirar o pequeno intruso e aconselhou-me a ir ao hospital.

 

Enfiamo-nos no carro e a próxima paragem foi o hospital mais próximo. Que bom fazer uma visita destas… bah!  

 

A espera não foi longa, foi até bastante rápida. O enfermeiro teve alguma dificuldade em encontrar o vidrito, a crosta já estava formada e dificultava a visualização do mesmo. A médica de serviço também não o encontrou…. Era caso para dizer onde pára o Wally! A pequena foi encaminhada para a pequena cirurgia, mas sem antes ter que fazer um raio-X.

 

… espera para fazer o raio-x… espera para ser chamada para a pequena cirurgia.  

 

Lá chamaram o nome da pequena… que eu, a mãezinha, dela tive alguma dificuldade em o entender. Não que não reconheça o nome da minha filha, mas ouvido numa tradução para o espanhol… a coisa não podia resultar da melhor maneira. O médico espanholito viu os raio-x, apalpou o joelho da miúda, tornou a examinar e disse-me:

 

-“ não posso tirar nada do joelho, se não não tem lá nada!” – isto já traduzido, entenda-se! :P

 

Abandonamos o hospital.

 

Ainda pensei que com tanta flexão da perna que o desgraçado tinha sido projectado. Mas, a miúda não se calava. Dizia que só lhe doía um bocadinho, mas que o vidro continuava lá hospedado. Eu, sinceramente, estava na dúvida se estava ao não… se por uma lado 3 profissionais e um raio-x diziam que não, eu cada vez que olhava para a aferida via-a mais brilhante do que seria de esperar. Contudo, o tempo foi passando e a miúda brincava, andava e fazia a sua vida normalmente, sem dores.

 

Ontem, enquanto a miúda estava de molho, vulgo banho, sou chamada com a máxima urgência, numa algazarra tremenda.

 

A Nokas mal me viu estendeu-me a mão e disse-me:

 

“ olha mamã… olha o que eu tirei do meu joelho!”

 

Um cubo de vidro perfeitinho.

 

Enquanto ela demonstrava um beicinho sentido só me dizia: “ porque ninguém acreditou em mim?”…. fiquei para morrer. Instalou-se um sentimento de culpa… sim… porquê que eu não consegui acreditar até ao fim nela??? O papel de mãe não é acreditar nos filhotes?? Senti que falhei.

 

Expliquei-lhe todo o histórico e ela num tom indignado:

 

- “ pois… a máquina do raio-x estava estragada e o médico devia ter olhos de minhoca!”

 Lol

 

Nem mais, filhota!!

 

Enfim…

sinto-me:

publicado por Mia às 12:54
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Quinta-feira, 21 de Agosto de 2008

Abram alas

que vem aí uma princesa!!!

 

 

 

 

Estou super contente!! No inicio do proximo ano vem aí uma princesa, a minha filhotinha!!!

aiiiii que já ando com uma comichão de compras compulsivas... agora sim, vou fazer mais uma lapidação à conta bancária à conta de roupinha minuscula rosa! lolol

 

ahhh... antes que perguntem... nome ainda não tem :P gosto muito de marta, mas ainda ando em pesquisa... por isso sugestões aceitam-se!

sinto-me: supé babada, sei lá!!

publicado por Mia às 19:03
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
Domingo, 10 de Agosto de 2008

a minha ausencia

Recados Para Orkut - RecadosOnline.com

O meu Muito obrigada a todos pelas vossas palavras e preocupação. Agradeço do fundo do meu coração o vosso interesse sincero. É muito bom sentir essas mimokinhas genuinas!

 

Mas, a minha ausência deve-se a bons motivos... entre os quais: férias!! weeeeeeeee

 

É uma canseira tanta praia, tanto passeio... tanta ronha junta! lol Deixei de correr, para passar à andar.... e agora deixei de andar para passar a giboiar-me... ou seja, rastejar-me! :))))

 

Como me tornei uma adepta do dolce faire niente, o meu estado emocional e cansaço está estabilizado... logo, as contrações pararam. o que é bom.... muito bom!! :))))

daqui a uma semana vou fazer outra ecografia, talvez já dê para saber o sexo do meu bebe tão desejado e depois.... lá terei que fazer a segunda lapidação à conta bancária lol roupinha para o bebé! :))))

até agora só me ando a entreter a comprar vestidinhos, tunicas e outros trapinhos de pré-mamã! :P.... aiiii Mia, que não tens emenda nem grávida páras de ser vaidosa! hiihhihi

 

a todos uma grande bjokinhas

 

 

sinto-me: mimada!

publicado por Mia às 13:54
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

Parabéns!!!!!

Recados Para Orkut - RecadosOnline.com Recados Para Orkut - RecadosOnline.com Recados Para Orkut - RecadosOnline.com

 

 

 

O meu menino faz hoje 4 anitos!! Está a ficar crescido, mas será sempre o menino da mamã!

 

... e agora vou-me embora... tenho que ir distribuir muitos miminhos :))))))

 

 

 

 

 

Recados Para Orkut - RecadosOnline.com

sinto-me: apaixonada pelo filhote

publicado por Mia às 13:36
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Domingo, 3 de Agosto de 2008

Zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

 

 

- “Mia, não se apanham “moscas” com vinagre…apanham-se com mel.”

 

E eu a pensar: “com mel… pois, pois…nem com mel, nem com vinagre! Eu apanho-as, mesmo, é com uma sprayzada de Raid! Ou Dum dum ( dizem que é o fim).”

 

Mata-se o bicho, acabasse com a peçonha… era o que me faltava ter que andar a lamber botas! 

 


publicado por Mia às 14:11
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Sexta-feira, 1 de Agosto de 2008

Ele há com cada um...

 

 

 

Fui buscar o edredom à lavandaria. Estacionei o carro num dos lugares reservado a deficientes e grávidas. Fui à minha vidinha e quando voltei... lá estava o senhor policia de bloco na mão a escrever-me um “ postal de natal”. Nem quis acreditar, ainda pensei que ele só estivesse a ver o selo ou o seguro… sei lá. Aproximei-me com o edredom nos braços à frente da barriga.

 

-“ boa tarde! O senhor não me vai multar, pois não?” – perguntava eu incrédula.

 

-“ Vou sim, só estou a rectificar os dados.”

 

-“ aiii não vai não… que eu não estou a transgredir nenhuma regra!”

 

- “ a senhora pode reclamar o que quiser e com quiser… o seu carro não tem nenhum dístico e a senhora não aparenta nenhuma deficiência física.”

 

Enquanto via aquele bruto a continuar a rabiscar… passei-me, claro! Abri o carro, coloquei o edredom lá dentro e como se já não bastasse o calor que se faz sentir… o meu sangue já fervilhava.

 

- “ então passe a multa, faça o que tem que fazer. Mas identifique-se, por favor. O seu nome já o li na sua placa, só quero saber a que esquadra pertence, vou apresentar queixa contra si. Nunca na minha vida vi algo similar, autuar uma grávida por esta ter estacionado o carro no local reservado a grávidas!”

 

O homem pára e pela primeira vez deu-me atenção, olha para a minha barriga e pára de rabiscar. Com um tom de quem me estava a fazer um favor…

 

-“ Desta vez passa, minha senhora!”

 

- “Passa???????? Se pensa que eu estou a engendrar algum plano para me esquivar à multa, está engano. Tenho comigo meios de provar que estou grávida, para não falar da barriga, quer ver os documentos?”

 

-“ Minha senhora, não me leve a mal, mas há muitas mulheres que têm barriga e usam essa desculpa.”

 

- “ Se continua com dúvidas, passe a multa.”  

 

Estava mesmo a ver quando aquele mal-encarado me iria presentear com o papelinho autografado. Passar até podia passar, mas a minha primeira paragem seria na esquadra mais próxima. Ok, ele não adivinha se estou grávida ou não… e com o volume à frente da barriga não era visível o meu estado. Tudo bem… mas que me ouvisse ou perguntasse, não era ignorar-me primeiro e depois com um tom jocoso e desconfiado dizer que deixa passar. Deixa passar??? Não, meu senhor! Eu é que deixei passar a  sua ignorância e má educação.

 

E lá vim eu a rosnar sozinha, mas sem multa!

sinto-me: bem!

publicado por Mia às 17:04
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
27
29
30


....

.ainda fresquinhos

. incredula.

. A lady Baba está gaga!

. o casamento de uma prince...

. já voltei e não fui pelos...

. se eu não voltar...já sab...

. Ah?? Não percebi...

. porque sim...

. curtissima

. é oficial: eu já não vou....

. isto realmente....

.arquivos

. Abril 2011

. Março 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

Palm Springs Lofts
blogs SAPO

.subscrever feeds