Sexta-feira, 26 de Setembro de 2008

de pernas para o ar

 

 

Depois de ter ouvido uma conversa, a nokas veio caladinha o caminho todo . Já a estacionar o carro, a pikena decidiu partilhar os seus pensamentos:

 

- " mãe, dizem que o mundo anda de pernas para o ar, que anda tudo ao contrário. Mas... sabes... isso não é verdade!! Isso só acontece às pessoas que vivem no Polo Sul!

 

- ahhh???

 

- " Ohhhh mãeeeeeeee... as pessoas que vivem no Polo Sul andam assim, de pernas para o ar? Não andam????

 

 

 

 

sinto-me: :)))))

publicado por Mia às 14:07
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
Quarta-feira, 24 de Setembro de 2008

carro matemático

 

 

Não sei se disse alguma vez, mas, o meu Dudu a falar é um "espanhol" de primeira . O desejo de empregar palavras novas nas suas frases... às vezes as malandras atraiçoam-no... é com cada pérola, enfim!!! LOL

 

Depois de fazer uma "visita" guiada ao carro - novinho em folha - da minha mana mais velha, o puto ficou delirante com tantas luzinhas e botões. Os dias foram passando e ele nunca mais tocou no assunto.

 

Uns dias depois, irritado por não conseguir abrir a porta do meu carro sozinho ( estava trancada com o sistema se segurança para crianças), faz-me a seguinte observação:

 

-" O nosso carro devia abrir as portas sozinho. Quando vais comprar um carro matemático?

 

-" Carro Matemático?? A mamã não conhece esses carros, filho." LOL

 

-" Não disfarces! O carro da titi G. é todo matemático!"

 

-" Matemático??" - enquanto pensava o que ele quereria dizer

 

- " Matemático, faz tudo sozinho!"

 

LOL ora bem, um carro matemático é aquele que faz tudo sozinho.... LOL o que ele queria dizer era um carro AUTOMÁTICO!!

 

Bom trocadilho, filhote!! Também... para quem diz que o carro da mamã é um polvo ( volvo) já estou à espera de tudo!

sinto-me:

publicado por Mia às 19:43
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

Da " Maria-princesa"

 

 

Novidades da princesinha! Já conto com 25 semanas de gestação; já sinto o peso e as dores nas costas, já tenho aquelas tipicas dores - que pelo meu historico não são novidade nenhuma - que às vezes prende-me a perna e me imposibilita (momentaneamente) de andar... já a sinto a dar pontapés. Esta pikena anda a imitar o D. Afonso Henriques... pois o outro também não "batia" na mãe?? Esta não vai de modas... toca a espancar a mãezinha dela, durante a noite é uma festa! E sabem que mais?? Descobri que a celebre frase: " quanto mais me bates, mais eu gosto de ti"... se aplica na perfeição! LOL

 

ahhhh e também soube que ( em principio) vai nascer com mais de 3,500KG e 50 cm. aiiii vai ser Como os irmãos, um com 4kg e o outro com 4,320 Kg... está provado: Nós ( eu e o maridão) não sabemos fazer bebés pequenos!

sinto-me: muito bem

publicado por Mia às 14:03
link do post | comentar | ver comentários (22) | favorito

O B R i G A D A!!!!!

 

 

Obrigada, muito obrigada, amiguinhos!!

 

A todos aqueles que disponibilizaram dos seus preciosos minutos para me darem os parabens e me desejarem as melhoras, o meu sincero obrigada!

 

Há pessoas com sorte, admito eu sou uma delas... voces não se fartam de me mimar :))))

 

Já estou quase boa, quase... quase! O antibiotico faz destas coisas .

sinto-me: porreira, pah. porreira!

publicado por Mia às 13:53
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Domingo, 21 de Setembro de 2008

Parabens ...

Recados Para Orkut

 

Parabens a quem?- perguntam vocês. Parabéns a mim, pois claro!! 32 já cá cantam, não há hipotese é sempre a somar :))

 

Este dia seria perfeito se não estivesse doentinha, só me apetece arrastar-me para cama e ficar lá de molho. Mas como não é possivel, hoje, vou-me giboiar de um lado para o outro. Irei tentar dar um dia animado aos filhotes. Estão mais entusiasmados do que eu!!

 

aiii se não fosse pela "Maria-princesa" já estava entupida de comprimidos....

sinto-me: doentinha

publicado por Mia às 11:31
link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito
Terça-feira, 16 de Setembro de 2008

Electricidade Estética

 

Entusiasmada, com o seu primeiro dia de escola, a Nokas escovava energeticamente o seu cabelo. Quanto mais o penteava, mais ele ficava no ar. Já com os nervos em franja e farta da desobediência da sua cabeleira, resolveu chamar a “bombeirinha de serviço” (euzinha):

 

-“ Oh mãeeeeeeeee!! Anda cá que o meu cabelo está com electricidade estética!!”

 

Hummmm?? Electricidade estética? Bem… a miúda enganou-se, pensei eu. Corrigia e logo de seguida fiz-lhe o almejado “rabo-de-cavalo”. Acabei de arranjar o Dudu e fui leva-los à escola. No meio do Pará-arranca observo os meus “companheiros” da seca matinal, vulgo os condutores e passageiros vizinhos. Com um olhar a fugir para o crítico aprecio as figurinhas que uma pessoa pode fazer dentro de um carro. Mas, figurinhas tristes já todos nós estamos habituados (até eu de vez em quando sou protagonista… é só me imaginarem a cantar com direito a coreografias LOL)… e de repente eis que olho para o lado e algo que me chama atenção. Três senhoras que se deslocavam a pé num passo descontraído. Bem, não foi as senhoras que me chamaram a atenção, mas sim, foi o penteado aerodinâmico delas. Cabelos completamente armados, cujo a única coisa que toca no couro cabeludo é somente a raiz. Cabeleira alvoroçada, presa com alguns quilos de laca… juro que só consegui associar tal imagem ao ninho de ratos (o meu hamster e o rato siberiano fazem algo similar, para servir de “cama”, na sua gaiola). Cabelos completamente ripados que induziam em erro… não é por nada, mas uma pessoa fica na duvida… será cabelo, será um capacete? E agora pergunto eu: mas esta gente gasta dinheiro no cabeleireiro para quê?? Para sair assim de lá? Bem… a filhota tinha razão em dizer que o cabelo dela estava cheio de electricidade estética… porque qualquer diferença entre o resultado de meter os dedos na tomada eléctrica, ou ir ao cabeleireiro… deve ser muito ténue!!!

 

sinto-me: porreira, pah. porreira!

publicado por Mia às 14:34
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
Sexta-feira, 12 de Setembro de 2008

Se os joelhos falassem...

 

 

Numa das visitas que fiz ao hospital com a Nokas (quando ela espetou um vidro no joelho), ela chorosa dizia-me: “ pois, pois… se fosse contigo também estavas a chorar. Tu por acaso sabes o que isto é?” – isto enquanto o enfermeiro observava o joelhito da princesa. E eu pacientemente respondi-lhe: “ Olha bem para os joelhos da mamã. Tu achas que a mamã não sabe o que é ter uma ferida no joelho?”

 

O enfermeiro curioso olhou para os meus joelhos, sorriu, e respondeu à Nokas:

 

- “ A felicidade de uma infância vê-se pelos joelhos.”

 

Os meus joelhos são uma desgraça completa. Não a nível de articulação, mas sim a nível estético. Estão cheios de marcas e cicatrizes resultantes de pequenas quedas, grandes quedas, chuteiras que “aterravam” no joelho, patinagens artísticas nos charcos gelados em que acabava o meu número de joelhos no chão, subidas às arvores que terminavam sempre em grandes “aterranços” (devia ter a mania que sabia voar), descidas de bicicleta em velocidade não recomendada e sem travões (weeee era a loucura), acertos de contas com alguns amiguinhos…enfim, reflexos de uma menina que tinha a mania que era Maria-rapaz.

 

Hoje, enquanto olho para os meus joelhos, recordo a minha infância, esboço um sorriso ao passar a minha mão pelas provas do crime, vulgo cicatrizes, e admito:

 

“Como fui feliz na infância” - não trocava uma cicatriz.

sinto-me: a recordar a infância

publicado por Mia às 11:43
link do post | comentar | ver comentários (26) | favorito
Quinta-feira, 11 de Setembro de 2008

As crianças nem sempre dizem a verdade...

 

 

Ontem, eu e a Nokas andamos entretidas nas compras. Missão: encontrar um vestido para cada, um vestido para uma cerimónia.

 

Rumamos para o centro comercial. Na primeira loja que entramos ( Ovo Estrelado) encontramos o vestido perfeito para a princesa. São caros os vestidos desta loja, mas em compensação são lindíssimos. A pikena ficou toda feliz e eu a pensar… bem, em menos de 15 minutos já despachei uma parte da tarefa… se for assim para mim será perfeito! Mas, não! Nada disso… passei 3 horas a entrar em lojas, procurar o vestido, experimentar e sair com as mãos a abanar! As lojas que têm roupa de grávida não têm roupa para uma cerimónia… tenho que improvisar numa loja com roupa dita “ normal”.

 

A Nokas, enquanto observava o veste e despe, teve uma saída “fabulosa”… ao ponto depois de ouvir tal disparate… tirei o vestido e recusei-me a procurar outro trapinho qualquer. Eis a “fabulosa” saída da filhota:

 

-“ Mamã, é impressão minha ou estás a ficar com o rabo maior do que a barriga?”

 

Pois… eu até ficava felicíssima se ouvisse isto antes de estar grávida. Agora, estando grávida e com uma barriga enorme…hummm… é coisa que não me agradou minimamente. Aiiii mãe sofre….

sinto-me: muy bem!

publicado por Mia às 11:37
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
Segunda-feira, 8 de Setembro de 2008

Valha-me a Santa paciência e todas as amigas dela!

 

 

 

 

Já repararam que escassas são as pessoas que têm a humildade de dizer: “ não conheço, não sei o que isso é?”. Num país de sabichões, ninguém quer dar a parte de inculto, somos “todos” uns “ xô-doutores” muy cultos, Donos e senhores da razão, sapiência e do conhecimento. Muitos teimam em acompanhar certos assuntos com um ar como um burro a olhar para um palácio, sem nada perceberem do que se está a falar, mas a pose está lá toda – a ignorância também – e até se atrevem a tecer comentários hilariantes que acabam por divertir os meros comuns mortais das imediações.

 

Conversa de duas senhoras num café:

 

- Esta sexta-feira vêm buscar a minha mobília antiga.

 

- Quem?

 

- A Associação Remar *.

 

- A Remar?

 

- Sim. Eles também fazem esse tipo de serviço. Conheces, não conheces??

 

E a outra com um ar de parvo, mas sem perder a compostura responde:

 

- “ Claro que conheço. É uma associação de REUMÁTICOS”!!!!

 

 Ahahahahah

 

Oh My god!! A dita senhora perdeu uma boa oportunidade para estar calada… claro, que eram mesmo uma data de senhores cheios de reumático que iam acatar com a mobília, da outra, às costas!!!

 

Agora pergunto eu...custava muito dizer: “ Não, não conheço.”

Deveria custar mesmo muito, muito. Preferiu passar um atestado de estupidez gratuito em vez de ser humilde.

 

* A ASSOCIAÇÃO REMAR PORTUGUESA  constituiu-se em Portugal no ano de 1989, para dar ajuda moral, cultural, material e espiritual a pessoas socialmente marginalizadas e a toxicodependentes. (www.remar.pt)

 

sinto-me: a rir feita perdida!

publicado por Mia às 16:02
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 128 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
27
29
30


....

.ainda fresquinhos

. incredula.

. A lady Baba está gaga!

. o casamento de uma prince...

. já voltei e não fui pelos...

. se eu não voltar...já sab...

. Ah?? Não percebi...

. porque sim...

. curtissima

. é oficial: eu já não vou....

. isto realmente....

.arquivos

. Abril 2011

. Março 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

Palm Springs Lofts
SAPO Blogs

.subscrever feeds