Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

Um pequeno gesto!!







O episódio que tenho para partilhar não é uma história divertida, não é uma gracinha dos meus filhotes, é algo que - pura e simplemente - deveria não ser... não existir.
Hoje, fui lanchar com a Inês à pasteleria. Lá estavamos as duas a lanchar e chega uma Senhora velhinha, velhinha, que me abordou. Uma senhora com olhar vazio, com traços de amargura desenhados nas suas rugas, de cabelo grisalho e revolto preso debaixo de um chapeu... tal como a sua revolta deveria estar presa debaixo daquela aparência frágil e debilitada. Com alguma vergonha a Senhora pediu-me ajuda... se lhe podia comprar algo para comer, só queria comida...
Confesso que essa situação mexeu comigo. Estou habituada a que me peçam dinheiro ou tabaco... os quais não dou. Muitos em segunda opção pedem dinheiro para comida e aí eu compro comida... mas não dou dinheiro, lamento mas não!!
Ser confrontada com alguém que me pediu comida directamente, simplesmente comida, foi algo que me sensibilizou. Dei instrução que servissem à Senhora o que ela queria.A escolha foi rápida e pediu um bolo. Nada mais. Disse à empregada que lhe servisse um copo de leite, pelo menos ficaria com o estomago mais composto.
A Inês atenta, como sempre, começou a bombardear-me com questões: " mamã, ela é pobre?", " e não tem onde morar?", " e ela tinha fome", " onde está a familia dela?" e por fim: "mamã a Senhora foi pedir aquelas Senhoras e elas não lhe deram nada, porquê??"...
É muito triste e complicado explicar às crianças a dura realidade. Todavia, é importante que elas percebam que nem todos temos s mesmas regalias na vida... que deêm valor ao que têm... que aprendam a ser solidárias.
Por mais que me tentasse controlar as lágrimas teimavam em inundar os meus olhos e a minha Nokas dá-me um abraço forte:

-" mamã, quando fores velhinha eu  vou tomar conta de ti e não te vou dar sopa!!"

upssss... acho que a parte da sopa foi uma indirecta... mas, fiquei feliz ao ouvir isso da minha pikena!!
sinto-me: tristinha

publicado por Mia às 22:54
link do post | comentar | favorito
25 comentários:
De Teresa a 1 de Novembro de 2007 às 23:08
Um pequeno gesto para nós faz tanta diferença para algumas pessoas...o teu post é tocante, impossível ficar indiferente à nossa realidade.

Parabéns também pela tua Inês, reacção linda a dela :) deves ter imenso orgulho.

Aquele abraço,
Leuviah


De Mia a 2 de Novembro de 2007 às 00:42
Olá, olá!!

Obrigada pela visita e pelo simpático comentário :))
Sim, tenho muito orgulho nos meus filhotes... sim, sim...sou mesmo uma mamã babada!!
bjokinha


De sAndRa a 2 de Novembro de 2007 às 00:11
ola!
sim, fazes bem em nao nao dinheiro eu tambem nao dou. por vezes ´nao é para comida que pedem mas sim para drogas. a pobreza cada vez aumenta mais e cada um quer saber de si. nunca tive uma vida facil, mesmo assim nao consigo imaginar o que é viver na rua ao frio, a exposiçao de todos os olhares do mundo enquanto se dorme, e a fome, nao saber quando se vai comer... hummmm que fazer?? nao sei nao...
beijinhos
Ah
nao comentei todos os teus post, apesar de estarem muito bons, ja estava com saudaditas de os ler. beijinhos


De Mia a 2 de Novembro de 2007 às 00:54
Olha, olha quem me veio visitar!!! :):):):):):)
Pois é amiguinha, é uma realidade triste... e explicar à Inês porque as senhoras não ajudaram a pobre velhota... isso é que foi uma missão dificil! acredita...
uma grande bjokas e tem um bom FDS :))


De Ana_v a 2 de Novembro de 2007 às 00:26
Dói só de ler. Devia proteger-se mais os idosos, é muito triste mesmo


De Mia a 2 de Novembro de 2007 às 00:58
è triste sim... mas a vida não é feita só de gargalhadas e achei que deveria de publicar este episodio da minha vida.
Sabes, hoje, fui jantar fora com o marido e os filhotes... e no meio do jantar as lágrimas voltaram aos meus olhos... e eu que costumo ser tão fria... marcou-me mesmo esta velhinha :(
bjokinhas


De Mamã Gansa a 2 de Novembro de 2007 às 14:28
Ao mesmo tempo que é triste a situação. É enternecedora a atitude da tua menina. Também faço como tu não dou dinheiro, mas comida dou.


De Mia a 2 de Novembro de 2007 às 20:26
A situação em si também mexeu muito com a menina... acho que só aqui é que ela se apercebeu que existem pessoas que passam fome. É claro que ela já sabia...mas tomar contacto com essa realidade despontou em si muita curiosidade e indignação.
Bjokinhas


De DyDa/Flordeliz a 2 de Novembro de 2007 às 14:57
Eu tenho um "R.P." e como tu, é impossivel não sorrir, mesmo se as lágrimas teimam em queimar-nos os olhos e a garganta fica muda e sem ar para respirar.
Pelo que li a Inês é pequenina. O meu é muito maior que eu. Mas tantas vezes o papel é invertido .. pela mão que toca em meu rosto... ou pelo abraço protector ao redor dos meus ombros...
A vida é complicada!
Mas compensada nestes pequenos gestos ou até num simples olhar.
Felicidades


De Mia a 2 de Novembro de 2007 às 20:29
Olá, seja benvinda ao meu cantinho!!!
Sim, a Inês ainda é uma catraia :)) tem 6 anitos e muita curiosidade acumulada e muito para aprender! Mas, achei piada ao gesto dela.. o querer proteger a mamã... enfim, é uma lindona!!
Obrigada pela visita e pelo simpático comentário!!
bjokinha


De Anjos a 2 de Novembro de 2007 às 16:14
Uma vez aconteceu-me dar 5 euros a uma velhota que me pareceu tão triste e amargurada, que me veio pedir chorando dinheiro para comer que tinha sido assaltada e eu toma lá. Vim a descobrir dias mais tarde que ela fazia isso todos os dias e que era tudo mentira tinha masi dinheiro que eu. Enfim, fiquei ainda mais de pé atrás para situações futuras, mas no teu caso a senhora devia mesmo precisar se apenas pediu comida. Fizeste bem, podemos ser enganado mas pelo menos na nossa consciência estavamos a tentar ajudar...


De Mia a 2 de Novembro de 2007 às 20:32
LOLOL ohh foste enganada!! Mas, deixa lá que eu também já fui! Uma vez estava parada no transito e um miudo apareceu com uma muletas e andava de uma forma completamente desarticulada. Tive pena e deixe-lhe dinheiro... olha, não é que aparece o autocarro do outro lado e o desgraçado coloca as muletas debaixo do braço e começa a correr... fiquei piursa!! è por essas e por outras que não dou dinheiro... a mim também me custa a ganha-lo!!
Bjokinhas


De palpites_e_tal a 2 de Novembro de 2007 às 19:18
A tua pikena é uma querida! Imagino como deve ter sido complicadinho explicar prk é que a outra senhora não quis ajudar a mulher..


De Mia a 2 de Novembro de 2007 às 20:35
Olá!!
Foi, sim, muito complicado! Estavam duas senhoras a lanchar e negaram ajuda... se fosse dinheiro eu entendia... mas, comida?? è algo que me ultrapassa!! A Nokas deu conta e toca de colocar perguntas: elas não ajudaram porque não tinham dinheiro? Porque não deram um bocadito do pao delas? na sua inocencia as coisas são muito mais fáceis de resolver... e se calhar eles é que têm razão....
bjokinhas


De deirdre a 2 de Novembro de 2007 às 19:25
É a nossa realidade. Também não consigo ficar indiferente a essas situações. Tocam-me muito.
Dói pensar quantas pessoas estão na miséria... enfim... e outras tantas ( os que governam o nosso país e outros mais) vivem na luxúria ..... Injusto não é?!


De Mia a 2 de Novembro de 2007 às 20:36
eu já não falo da riqueza mal distribuida... mas sim a indiferença daqueles que padecem ao seu lado e nem sequer tem a nobreza de lhes dar uma help!
bjokinhas


De divaegugas a 2 de Novembro de 2007 às 19:30
a tua filha é um reflexo de ti minha querida...vai ser uma mulher fantastica graças a ti...


De Mia a 2 de Novembro de 2007 às 20:38
Todos os dias tento incutir valores nos meus filhos, tal como qualquer mamã (acho eu :P).
Mas achei piada à Inês a dizer que não me vai dar sopa... não percebi se a indireta seria pelo facto de eu lhe dar sopa para comer (coisa que ela não gosta muito), ou de ela saber que eu sofro de sopofobia! LOL
Bjokinhas :))


De Arroto Azul a 2 de Novembro de 2007 às 20:10
Gesto nobre... PARABÉNS!

Não há lugar nem altura para fazer o que está certo...


De Mia a 2 de Novembro de 2007 às 20:42
Não me tens que dar os parabens... fiz o que a minha consciencia me ditou... nada mais!
Não fiquei mais pobre por pagar uma refeição, neste caso um lanche... mas, senti-me mais rica interiormente.
Bjokinhas


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 129 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
27
29
30


.ainda fresquinhos

. incredula.

. A lady Baba está gaga!

. o casamento de uma prince...

. já voltei e não fui pelos...

. se eu não voltar...já sab...

. Ah?? Não percebi...

. porque sim...

. curtissima

. é oficial: eu já não vou....

. isto realmente....

.arquivos

. Abril 2011

. Março 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds