Domingo, 6 de Janeiro de 2008

memorias de uma pré-mamã



Estava a escrever o post anterior e comecei a recordar a noite que a Inês nasceu.

Cheguei à conclusão que nem para o parto me comporto de uma forma "normal"... Ou seja, ir, sofrer e parir. Sempre ouvi dizer horrores de um parto... e quando chega a minha vez vejo que sou enganada!! Ora bolas, isso não se faz LOL

atentem, isto é mais uma situação no mínimo hilariante... :P

Depois de 41 semanas de espera, de engorda (passei de 52kg para 72kg... toing), de ser tratada como uma princesa; e de ansiedade.. eis que chega a hora.

Como devem saber o livro de instruções para esta ocasião não vem incluído, o que está mal! Irra ... uma pessoa nunca sabe o que tem que enfrentar, pelo que vai passar, quanto tempo vai demorar e, até mesmo, os verdadeiros alertas de trabalho de parto... continuo a dizer que deveria de haver um manual!!

Estava em casa descansada e começo a sentir algo estranho... uma pressão na barriga. Como a minha barriga nunca descaiu, devido à parede abdominal trabalhada, pensei que finalmente tivesse a descair e não liguei. Continuei a ver Tv., isto à meia-noite. Fui comer e ver mais televisão. A pressão não parava. Achei por bem que deveria tomar um banho... como tinha estado a arrumar uns caixotes e a carregar pesos, achei que deveria estar em stress e puro cansaço.

Pois, pois... o que eu fui fazer... relaxar o corpo e acelerar o trabalho de parto... que espertinha que sou... dah!! Acabo de tomar o banho e começo a sentir umas pontadas. pensamento automático... É AGORA!!!! Apesar de estar bem, anui que seria mais sensato ir para a maternidade... eu sabia lá quanto tempo tinha mais... não me estava nada apetecer ter a baby pelo caminho. LOL ( se eu soubesse o que sei hoje!)

Acordo o maridão. Coitado parecia uma barata tonta à procura da chave do carro. Estava mais nervoso que sei lá... e logo ele que é tão calmo. As chaves continuavam no sítio onde sempre as deixava... mas naquele dia nem as via. Sentei-me na cama e fiquei  a apreciar aquele momento único... o meu marido desnorteado!!

Finalmente, achei que devia indicar onde estavam as chaves... mais um bocado e casa virava um caos....

Chego ao hospital, faço o registo de entrada, sou observada e tenho a noticia que só para as nove da manhã é que deveria nascer a Inês. Primeiro pensamento: " porreiro!! e o que vou fazer agora?"

Informaram-me que iria ficar  no hospital, e eu a pensar que podia voltar mais tarde... bah!

lá entrei e fiquei sozinha por livre e espontânea vontade. Note-se que durante a gravidez perguntei ao F. se queria assistir... e ele não me disse directamente que não, mas apurei que não o desejava... fraquinho, tché!! Aiii é?? Fiquei amuada e sentida. Decidi que o teria sozinha e não precisava do apoio dele.

e lá estou eu... deitadinha e cheia de fios a circundar a minha mega barriga. Uma ou outra contracção e começo a pensar que seria melhor pedir a epidural... não é por nada, mas eu não nasci para sofrer! LoL

Peço a dita anestesia à enfermeira de serviço e a parva responde-me:

-" As senhora que entram à noite não tem direito à epidural!"

Toing.. toma lá, para abrir a pestana!! LOLOL..

bem... ok... só pensei, venha lá o que tiver de vir. Se milhões de mulheres conseguiram, também vou conseguir :P

O tempo não passava e eu estava porreira da vida. Sozinha no bloco pré-parto e nem uma televisão ligada, nem um som do rádio... nada! Que seca!!! não tinha sono e estava farta de estar deitada. Ora se estava deitava e estava farta... tive bom remédio... sentei-me na cama. Vem a parva da enfermeira a dizer que eu não podia estar sentada, que não podia estar de pé e que devia estar a descansar.

Credo, parecia que estava de castigo! Bem... perante das ordens da Hitler lá me deitei e adormeci... sei que vez em quando lá vinham ter comigo e diziam: " vou examina-la" e eu a pensar... ok, ok... mas despachaste que eu quero dormir! E assim foi, mal elas viravam costas eu dormia, novamente!! Até que entrou uma gaja que tirou o meu sossego... aquela gaja só berrava como uma desalmada... credo!! já não há respeito por ninguém... então está aqui uma gaja descansadinha a dormir e tem que levar com uma histérica? Não há condições... e eu com uma bebedeira de sono em cima.

Acabaram por a levar para outra sala e eu fiquei a dormir, novamente.

8 da matina, troca de equipa e entra um enfermeiro amigo do meu marido. Vê o meu maridão lá fora e informa-o que não devia demorar muito. Porém, que não me iam acordar logo... poix, poix.. tenham lá a santa a paciência... agora acordarem-me durante o sono de beleza!! LOL

9 da matina... o Enf. vem ter comigo e diz-me:

- " É uma chatice acorda-la... mas chegou a hora"

Pois é minhas amigas... eu passei o trabalho de parto a dormir e sem epidural. Já tive dores de dentes bem mais violentas e não estou a brincar. E foi uma vergonha o enfermeiro ter-me que acordar... mas eu tenho lá culpa... tinha sono, dormi!!!

Perguntei se ia a pé ou ia de  cadeira de rodas. Perguntou-me se conseguia andar, ou se preferia ir de cadeirinha.
Fomos a pé, nas calmas, sem stress. Subi para a marquesa e num espaço de 7 minutos, parto normal, tinha a minha princesa nos braços.... LINDA; LINDA!! Loirinha, quase careca como um bebé chorão, 4 kg e 52 cm... era a minha Inês!

Portou-se como uma princesa durante o dia... e chorou toda a noite; e no dia seguinte repetiu a brincadeira. Fiquei 48 horas sem dormir... foi a primeira vez que me "questionei" sobre o meu cargo de mãe.
sinto-me: nostalgica e bue babada

publicado por Mia às 04:20
link do post | comentar | favorito
20 comentários:
De mamaepedro a 6 de Janeiro de 2008 às 11:26
Até no parto foste original...
Eu também engordei 20 kg , é o que faz ser gulosa... agora ainda peno pelos kg a mais, 4, que teimam em não sair (também não faço nada por isso, verdade seja dita...)


Beijokinhas

Cila


De Mia a 6 de Janeiro de 2008 às 16:01
há pessoas com sorte, e eu acho que sou uma delas. em nenhum dos partos me custou ter os catraios :P:P
e quanto ao peso eu voltei ao que era passado um mês e não fiz nada para que tal acontecesse.
bjokkinhas


De Vampyresca a 6 de Janeiro de 2008 às 17:37
Epah nao me assustem com essas cenas das dores de parto, se eu ja me custa pensar k vai doer para caraças :S ai ai tb kero uma hora pequenina lol

pelo meu gajo ja tinha ai uns 3 ou 4 hahaha

por enquanto fico com o meu afilhado que tambem e lindo ;)


De Mia a 6 de Janeiro de 2008 às 21:44
ahahahah.. eu bem sei o que é estar gravida e nunca ter tido uma criança e as parvas das pessoas a contar historias pouco simpaticas... bahhhh!!! Mas, como podes ver só tens que ignorar que cada caso é um caso... as expriencias que passei foram bastante positivas! :P
Bjokinhas


De Teresa a 6 de Janeiro de 2008 às 19:24
Gostei da descrição :) ao menos não foi a descrição habitual e horrenda do trabalho de parto que costumam contar vezes sem conta, o que me irrita porque acho que "nós" que ainda não passamos por essa experiência criamos um certo "medo"...quando as vezes pode não ser assim tão doloroso, temos é que levar a coisa na boa e ter calma :)

Bjinhos***



De Mia a 6 de Janeiro de 2008 às 22:56
Cada caso é um caso, não tens que te preocupar com isso. Depois de estar lá dentro tem que sair... por isso nada a fazer :P
Ora estás a ver a cara das minhas amigas quando elas contam a versão delas e eu digo que dormi que nem uma pedra LOL
Bjokinhass


De Miss Pepper a 6 de Janeiro de 2008 às 21:33
Essa des mamãs que entram à noite não terem direito a epidural, está muito engraçada! Qual é a diferença?!
Eh dorminhoca! As outras mamãs a esganiçarem-se com as dores e tu a ressonares... :PPP
A Inês era bem grandinha... 4kg! Bolas!

Xinhus! :)


De Mia a 6 de Janeiro de 2008 às 22:38
Pois amiguinha, quem entra à noite n tem epidural e porquê? porque se tem que acordar o Sr. das picas Lolol tasse mesmo a ver :P:P
epah o que querias que eu fizesse... eu estava bem, e nem uma revistinha levei... olha dormi :P:P:P... uma enfermeira para mim de manhã " quem nos dera que todas fossem assim, não se ouviu a noite toda" LOL
Só sei fazer bebes grandes... a Ines tinha 4 kg e o dudu 4,320Kg... :P:P
bjokinhas


De Miss Pepper a 7 de Janeiro de 2008 às 20:08
Ó valha-me Deus! LOL! Eu como não tenho filhos não sei avaliar nada destas coisas mas tomara que todos os partos fossem tão bons como o da Inês... Quando foi do Dudu não levaste um livrinho para ler? sei lá tipo "Os Maias" ou os "Cem Anos de Solidão"... Eheheheh!

Xinhus!


De Mia a 8 de Janeiro de 2008 às 12:00
nah... acho que nem o resumo tinha tempo para ler. Com o Dudu tornei a adormecer, menos tempo ( só 4 horas) mas com epidural... nem perguntei, deram logo :P:P
Bjokinhas


De A Mona Lisa tinha Gases a 6 de Janeiro de 2008 às 22:35
Só te digo uma coisa: se a enfermeira me negasse a epidural, quer estivesse com muitas dores ou poucas, tinha de andar de gatas à procura dos dentes... depois de eu lhe partir a boca toda!
Hoje estou um bocado irritada, não se nota, pois não?
LOL


De Mia a 7 de Janeiro de 2008 às 12:59
ahahahahahahah
olha se eu resolver ter mais algum filhote e se me derem essa resposta eu ameaço a enfermeira: " não dá... olhe eu chamo a Andreia!!" LOLOL
Bjokinhas


De DyDa/Flordeliz a 7 de Janeiro de 2008 às 01:03
Bom cara amiga "Mia" eu só fiquei com um 10 kilinhos de peso.
O meu menino nasceu pequeninho como um ratinho. E eu... bom, eu...passei as passas do algarve (mas isso não importa agora nada, valeu a pena tenho um filho LINDO-LINDO-LINDO).
Que ficou grande e forte depois de nascer. E nos braços deles sinto-me a mulher maior do mundo e mais protegida.
Mas que a enfermeira passou a noite toda a cantar feita anormal lá isso passou!
Cantava ela durante toda a noite pelos corredores:
-Fora da bouça que a bouça é nossa.......
Como diria a menina "Valha-me a Santa...Paciência".
AINDA HOJE sinto trauma de ouvir estas palavras!


De Mia a 7 de Janeiro de 2008 às 13:01
Bolas... ouvir a enfermeira a cantar deve ser dose!! Irrraaa!! eu dessa safei-me hihihihihi
e quanto ao tamanho deles à nascença não tem grande importancia, eles quando veem cá para fora desenvolvem e ficam uns rapagões cheios de saude :))
um bjinho para ti, mamã babada!!


De me a 7 de Janeiro de 2008 às 10:11
eheheheheh!

Eu do G. fiz indução... e dormi! Como não resultou fui para cesariana! E dela fiz cesariana directa!

De maneira que também não sei o que é uma contração e tinha uns dez assim! Também não sei o que são os horrores do parto!

Bjokinhas


De Mia a 7 de Janeiro de 2008 às 12:58
pois se fosse só pela dor eu tinha logo meia duzia ( deve sair mais barato) LOL
bjokinhas


De Anjos a 7 de Janeiro de 2008 às 12:13
Tipo: "ó senhora, desculpe lá, mas não se importa que a acorde-mos para expulsar uma coisa que tem aí a sair-lhe pela patareca?? É que parece que a gaiata precisa de uma puxãozito!!". Coisa má linda!!!! Até a parires não és "normal"


De Mia a 7 de Janeiro de 2008 às 12:47

ohhh eu tenho lá culpa... se me tivesse a doer de certeza que acordava, não? Sendo assim e assindo sendo... dormiii e dormiiii muito!!
Mas, confesso que é muito "normal", digo eu
Bjokinhas


De Bichana a 7 de Janeiro de 2008 às 12:20
Todos os homens parecem baratas tontas em momentos desses!! Todos!
Um beijinho grande a uma linda mamã babada!


De Mia a 7 de Janeiro de 2008 às 12:50
LOLOLOL
Foi a primeira vez que vi o meu maridão desnorteado... ele que é a calma em pessoa :))).. mas que foi engraçado, foi! hihihihi
Bjokinhas


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 128 seguidores

.pesquisar

 

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
27
29
30


.ainda fresquinhos

. incredula.

. A lady Baba está gaga!

. o casamento de uma prince...

. já voltei e não fui pelos...

. se eu não voltar...já sab...

. Ah?? Não percebi...

. porque sim...

. curtissima

. é oficial: eu já não vou....

. isto realmente....

.arquivos

. Abril 2011

. Março 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds